Ribery: 'Ainda posso jogar por um grande'

Atacante deixou o Bayern de Munique ao fim da temporada europeia e não tem futuro definido. Goal


Atacante deixou o Bayern de Munique ao fim da temporada europeia e não tem futuro definido. Ele, no entanto, crê que ainda pode defender um gigante.

Ele acabou de deixar o Bayern de Munique depois de doze temporadas. Em seu último ano, garantiu a dobradinha. Franck Ribéry falou sobre seu futuro em uma entrevista ao L'Equipe. O atacante também fala sobre o relacionamento especial que teve com o sete vezes campeão alemão desde a sua chegada.
O atacante de 36 anos crê que ainda pode jogar em alto nível por mais duas temporadas e, por isso, espera atuar por outro gigante do futebol europeu no futuro.
"Eu ainda estou com fome [de vitória]. Acho que ainda tenho que ceder. Enquanto eu sentir que tenho o alto nível nas pernas e na cabeça, vou buscá-lo, nunca vou trapacear. Talvez eu ainda queira jogar em um grande clube. Estou pensando.Quero jogar mais duas temporadas. Dinheiro, eu vou ter em todos os lugares, mas também há o desafio", disse.
"Tive um clique com este último gol no Campeonato Alemão. Abalaram as coisas em mim, sinto que ainda sou capaz de enfrentar um belo desafio", acrescentou.
Sem contrato desde o fim da temporada alemã, o jogador explica que cometeu erros na seleção francesa. Ele, no entanto, revela felicidade com a vitória da equipe nacional na Copa do Mundo 2018, na Rússia.
"Eu fiz besteira, eu sei disso. mas quem não faz? Eu sou um homem, então houve injustiças também. Eu dei tudo para a camisa azul em 2006, depois disso também. Em 2013, nos play-offs contra a Ucrânia, antes mesmo, me preparei para ir para a Copa do Mundo no Brasil. Foi por isso que foi difícil viver algumas coisas. Mas agora está feito, acabou. Fiquei feliz quando a seleção da França foi campeã mundial em 2018", comentou.

Postar um comentário

0 Comentários